PortuguêsEnglish

2017: Pesquisa, Pós-Graduação, Inovação, Avanços

28 de dezembro de 2017

Na mensagem de fim de ano de 2016, fazíamos referência às expectativas que alimentávamos em relação à avaliação quadrienal da Pós-graduação agendada para 2017. O ano se encerra entrando para a história da UFC pelo excelente desempenho dos programas de Pós-graduação: de uma forma inédita, passamos a ter três deles com a nota máxima, 7, e mais seis programas com nota 6. Em todos os outros níveis, registramos avanços e nenhum programa diminui de nota.

Resta nos congratularmos com os pesquisadores e estudantes da UFC que, com dedicação e competência, superaram de maneira proativa e criativa muitas dificuldades enfrentadas nos últimos anos e legaram à instituição realizações memoráveis. Foram muitos os avanços individuais e institucionais, não sendo fácil lista-los em sua totalidade. Mas alguns pontos podem ser destacados para ilustrar, minimamente, o legado dos nossos pesquisadores em 2017: teses de doutorado premiadas nacionalmente, aumento no número de bolsistas de produtividade do CNPq, aprovação de projetos estruturantes de pesquisa, jovens pesquisadores se destacando na captação de recursos para pesquisa, parcerias de envergadura com organizações governamentais e grandes empresas para projetos de inovação de desenvolvimento, ingresso de professores no quadro da Academia Brasileira de Ciências, e os destaques obtidos em rankings nacionais e internacionais, dentre outras conquistas.

É necessário ter plena consciência de que ainda precisamos trabalhar de maneira mais criativa e eficaz para atingirmos patamares de excelência em todas as nossas atividades de pesquisa, pós-graduação e inovação, mas o avanço consistente e progressivo rumo a uma instituição com pesquisa e pós-graduação internacionalizada e com relevância econômica e social é um fato. Os cortes no orçamento, redução de bolsas, atrasos no repasse de recursos, e tantas outras dificuldades não foram suficientes para arrefecer o ânimo de nossos pesquisadores, que se posicionaram com firmeza em defesa do investimento público (nas esferas estadual e federal) em ciência e, de uma forma exemplar, protagonizaram com excelência os avanços científicos da instituição.

Nossos sinceros agradecimentos aos pesquisadores, estudantes e técnicos pelos resultados celebrados em 2017. E que as oportunidades que se descortinam para 2018 sejam bem aproveitadas para avançarmos mais na internacionalização e nas inovações tecnológicas e sociais!

Antonio Gomes de Souza Filho
Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação