PortuguêsEnglish

2018: Interiorização, Inovação e Internacionalização

28 de dezembro de 2018

Na mensagem de fim de ano de 2017, fazíamos referência ao ano histórico para a Pós-Graduação na UFC: de uma forma inédita, passamos a ter três programas com a nota máxima, 7, e mais seis programas com nota 6; e nenhum programa acadêmico diminui de nota na avaliação 2013-2016.

Neste ano que se encerra, novos avanços se consolidaram. Nossos pesquisadores, estudantes e técnicos, com dedicação e competência, superaram de maneira proativa e criativa algumas dificuldades enfrentadas nesse período, buscaram fontes de financiamento internacionais e, em projetos com a indústria, trabalharam de forma eficiente, legando à nossa UFC realizações memoráveis. Listá-las em sua totalidade seria inviável neste espaço, mas algumas conquistas individuais e institucionais merecem ser destacadas para ilustrar, de uma forma simbólica, as contribuições de nossa comunidade acadêmica que se dedica à Pesquisa e à Pós-Graduação. Dentre outras realizações, assinalemos:

  • Expansão da oferta de cursos de Pós-Graduação no interior do Estado;
  • Ampliação significativa do número pesquisadores com Bolsa de Produtividade em Pesquisa, Estímulo à Interiorização e à Inovação Tecnológica (BPI) da FUNCAP;
  • Estudante de iniciação premiado nacionalmente pelo CNPq;
  • Maior número de bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica já captadas junto ao CNPq;
  • Aumento no número (superando a marca de 300) de bolsistas de produtividade do CNPq;
  • Celebração de parcerias de envergadura com organizações governamentais e grandes empresas para projetos de inovação e desenvolvimento;
  • Pesquisadores da UFC eleitos para a Academia Brasileira de Ciências, Academia Nacional de Farmácia e Ordem Nacional do Mérito Científico;
  • Aprovação de grandes projetos de infraestrutura para pesquisa junto à FINEP;
  • Inovações tecnológicas premiadas em grandes feiras internacionais de alimentos e saúde;
  • Primeiro licenciamento de tecnologia para a indústria;
  • Credenciamento institucional para o programa de Doutorado em Inovação, lançado pelo CNPq;
  • Captação de R$ 17,5 milhões no programa de Internacionalização (PrInt) da CAPES.

Tudo isso evidencia a evolução continuada e segura da UFC, instituição na qual a Pesquisa e a Pós-Graduação, internacionalizadas, adquirem notável relevância econômica e social por meio da inovação.

Consciente de que os avanços científicos colocaram nossa Universidade em um novo patamar de excelência acadêmica, e de que é preciso assegurar a continuidade desse desempenho, a Administração Superior, em decisão histórica, investirá, do próprio orçamento, em 2019, recursos da ordem de R$ 12 milhões, em duas ações; i) contratação de 57 professores visitantes nacionais e estrangeiros e ii) gestão e certificação internacional dos biotérios institucionais.

Externamos, aqui, sinceros agradecimentos aos pesquisadores, estudantes e técnicos pelos resultados obtidos em 2018. Nossa expectativa é de que as oportunidades que se descortinam para 2019 serão bem aproveitadas para continuarmos, de uma forma responsável e segura, em nossa caminhada ascendente.

Antonio Gomes de Souza Filho

Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação