PortuguêsEnglish

Pela primeira vez, programas de pós-graduação da UFC obtêm nota máxima da Capes

21 de setembro de 2017
UFC recebeu ótima avaliação da Capes (Foto: Davi Pinheiro/UFC)

UFC recebeu ótima avaliação da Capes (Foto: Davi Pinheiro/UFC)

Três programas de pós-graduação da Universidade Federal do Ceará obtiveram, pela primeira vez, nota máxima na avaliação quadrienal realizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) nos cursos de mestrado e doutorado de todo o País, relativa ao período 2013/2016.

Física, Matemática e Engenharia Civil: Recursos Hídricosobtiveram nota 7, em escala que vai de 3 a 7. Nessa escala, a nota 5 equivale ao conceito de “excelência nacional” e os cursos com nota a partir de 6 são avaliados como de “excelência internacional”. No caso dos cursos de nota 7, os programas precisam demonstrar alta produtividade e qualidade em várias linhas de pesquisa simultaneamente.

Veja quadro com a nota por curso e comparativo entre a UFC e outras universidades federais do N/NE

O resultado da avaliação mostra a melhora da UFC em vários segmentos. A Universidade passou a ter sete cursos com nota 6: além de Farmacologia e Ciências Médicas, que mantiveram a nota da avaliação anterior, os programas de Geografia, Química, Engenharia de Teleinformática, Engenharia Química e Enfermagem foram promovidos, como o crescimento da nota de 5 para 6. Além desses avanços, os cursos com nota 5 (“excelência nacional”) passaram de 15 para 17.

Confira abaixo vídeo da UFCTV sobre o resultado:

LIDERANÇA REGIONAL – Com esse resultado, a UFC foi a universidade do Norte e Nordeste com mais cursos de padrão internacional: 10, o equivalente a 17% dos cursos avaliados. A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) vem em seguida, com 8 cursos, e a Universidade Federal da Bahia (UFBA) é a terceira, com 5.

“Essa grande conquista da UFC é um marco histórico. Interessante é que, exatamente há 10 anos, a UFC comemorava o ingresso de dois programas (Física e Farmacologia) no grupo de elite dos programas de referência internacional com conceito 6. Em uma década o número de cursos com nota 6 passou para sete, e três atingiram o nível 7”, diz o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Antonio Gomes de Souza Filho.

Para ele, o resultado é fruto de um trabalho continuado de várias gestões que planejaram e apoiaram a pesquisa, mas, principalmente, de uma comunidade acadêmica que se empenhou e sincronizou seus esforços para fazer o melhor. “Essa conquista da UFC coloca o estado do Ceará na liderança do Norte e Nordeste em cursos com padrão internacional”, destaca. O detalhamento da avaliação foi apresentado em entrevista coletiva nesta quarta-feira (20).

Saiba mais: Avaliação da Capes aponta crescimento da pós-graduação brasileira

Fonte: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – fone: 85 3366 9943